Menino repreendido por desenhar na parede da escola vira artista e ganha emprego

Um menino de 9 anos que tem compulsão por desenhos – e que foi parar na diretora da escola várias vezes por desenhar nas paredes – virou artista e foi contrato por um restaurante pra fazer sua arte.

Joe Whale é um garoto talentoso de Shrewsbury, no Reino Unido, que não consegue ver uma parede branquinha, lisinha que já quer desenhar. Quando perceberam que ele têm estilo, os pais o colocaram em uma escola de arte.

Também reconhecendo o talento do menino, um professor dele publicou desenhos do garoto no Instagram. O sucesso foi tanto, que o dono de um restaurante, chamado Number 4, entrou em contato pra contratar Joe.

Sim, ele queria encher todas as paredes do restaurante com os desenhos do agora artista profissional, Joe Whale.

O menino fez o trabalho após o horário da escola. O pai dele o levava ao restaurante e Joe ficava desenhando até se cansar.

A decoração será permanente, segundo o Number 4.

Talentoso e inteligente

Greg, diz que seu filho é incrivelmente talentoso. Tem ótimas notas, joga muito bem futebol e cricket, mas seu amor é realmente pelo desenho.

“Às vezes até me incomoda, ele é melhor do que eu em quase tudo”, brinca o pai.

Greg explica que o filho estava ficando triste com o pouco tempo dedicado às artes na escola, e que acabava entrando em problemas quando extravasava nas paredes sua necessidade de desenhar.

Em vez de repreendê-lo, a família percebeu o dom e o colocou para estudar em um escola dedicada a isso, após o horário normal de aula.

Quando a família soube que um grande restaurante queria que Joe decorasse a área principal do lugar, foi como se tivessem sido arrebatados ao céu.

O perfil do menino no Linked In virou um sucesso. O portfólio dele já teve mis de 1.5 milhão de visitas.

No Instagram, Joe Whale já tem mais de 40 mil seguidores.

Assista:

Com informações do Metro e SnB

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Fonte: Só noticia boa

Compartilhe essa notícia: