Coletânea de shows mostra a verdadeira essência dos Dead Kenendys – Blog Combate Rock

Marcelo Moreira

É uma grande e feiz coincidência nestes tempos que tenha chegado às lojas do mundo o CD triplo “DK40”, que faz parte das comemorações dos 40 anos de criação dos Dead Kennedys.

A obra é o resgate de três shows que a banda realizou na Europa e na Califórnia entre 1982 e 1985. O ex-vocalista Jello Biafra, que saiu em 1986, costuma dizer que os melhores shows que fez com o grupo foram reealizados em moquifos nos Estados Unidos entre 1979 e 1981.

Entretanto, a maioria dos crítivcos musicais considera que a fase inaugurada a partir de 1982 é o auge criativo da banda, sendo que os shows se tornaram mais intensos, energéticos e pesados, com os Dead Kennedys intensificando o discurso político de protesto contra o “sistema” e contra aquilo que consideravam fascismo nos Estados Unidos.

Os shows de Amsterdam e Munique, registrados no dois primeiros CDs, são maravilhosos pela violência, pela crueza do som e pelo alo grau de provocação e ironia contidos na maluca performance de Biafra.

O terceiro disco traz um show na Califórnia natal da banda e mostra um grupo ainda coeso, mas tocando com mais técnica e um pouco de violência sonora que era a marca registrada do quarteto.

O CD triplo foi lançado em meio à polêmica do cartaz da turnê brasileira, que fazia críticas pesadas ao momento político do país, com alusões diretas à política e “intenções” adminoistrativas do presidente Jair Bolsonaro.

Depois de aprovar o cartaz, a banda voltou atrás e disse que não sabia do teor da arte em comunicado, fato que justificaria, em seguida, o canceamento da turnê nacional, um dos fatos mais lamentáveis já ocorridos no rock no Brasil – e que manchou a história dos Dead Kennedys.

A verdadeira banda punk e hardcore pode ser conferida em “DK40”, um retrato poderoso e definitivo do que foram os Dead Kennedys no auge de suas perfomances, uma banda sem medo das reações a seus discursos políticos afiados e disposta a enfrentar a violência de skinheads fascistas na Europa e a gangues diversas na Califórnia.

CD 1 – Live At Paradiso, Amsterdam, Netherlands, December 5, 1982

1 Moral Majority
2 I Am The Owl
3 Life Sentence
4 Police Truck
5 Riot
6 Bleed For Me
7 Holiday In Cambodia
8 Let’s Lynch The Landlord
9 Chemical Warfare
10 Nazi Punks Fuck Off
11 Kill The Poor
12 We’ve Got A Bigger Problem Now
13 Too Drunk To Fuck

CD 2 – Live At Alabama Halle, Munich, Germany, December 13th, 1982

1 Skateboard Talk + Intro Noise
2 Man With The Dogs
3 Forward To Death
4 Kepone Factory
5 Life Sentence
6 Trust Your Mechanic
7 Moral Majority
8 Forest Fire
9 Winnebago Warrior
10 Police Truck
11 Bleed For Me
12 Holiday In Cambodia
13 Let’s Lynch The Landlord
14 Chemical Warfare
15 Nazi Punks Fuck Off
16 We’ve Got A Bigger Problem Now
17 Too Drunk To Fuck
18 Kill The Poor

CD 3 – Live At The Farm, San Francisco, California, May 24th, 1985

1 Darren’s Mom
2 Goons Of Hazzard
3 Hellnation
4 This Could Be Anywhere
5 Soup Is Good Food
6 Chemical Warfare
7 Macho Insecurity
8 A Growing Boy Needs His Lunch
9 Forest Fire
10 Moon Over Marin
11 Jock-O-Rama
12 Encore
13 Stars And Stripes Of Corruption
14 Second Encore
15 MTV Get Off The Air
16 Holiday In Cambodia

 

FONTE

Compartilhe essa notícia: