Cientista mata vírus do HPV em mulheres com nova terapia

Uma pesquisadora conseguiu erradicar completamente o HPV, Vírus do Papiloma Humano, com uma nova terapia. A descoberta é uma esperança para reduzir mortes por câncer de colo de útero.

O vírus foi 100% eliminado das mulheres portadoras do HPV, sem lesões pré-malignas, 64,3% nos casos de HPV e lesões e 57,2% naqueles que apresentavam lesões sem o HPV.

Eva Ramón Gallegos, do Instituto Politécnico Nacional do México, usou a terapia fotodinâmica que provocou a morte celular em 29 pacientes, uma pequena amostragem, mas significativa pelos primeiros resultados.

A técnica é uma forma de fototerapia que envolve luz e uma substância química fotossensibilizadora.

“Ao contrário de outros tratamentos, elimina células danificadas e não afeta estruturas saudáveis. Por isso, tem um grande potencial para diminuir a taxa de mortalidade por câncer do colo do útero”, explicou ela à Radio Guama.

Gallegos tem trabalhado por duas décadas nesta terapia fotodinâmica.

Ela tenta lidar com diferentes tipos de tumores, como câncer de mama e melanoma.

Com informações do SunnySkyz

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Fonte: Só noticia boa

Compartilhe essa notícia: